Tags

, , , , , ,

Petro Poroshenko, presidente da Ucrânia, é a favor do banimento do Partido Comunista Ucraniano (Komunistychna Partiya Ukrayiny – KPU). “Acredito que fizemos uma ação correta em relação a proibição do Partido Comunista” disse Poroshenko. O pedido foi realizado pelo ministro da Justiça Pavlo Petrenko.

A decisão será discutida no dia 24 de Julho de 2014 no Tribunal Administrativo do Distrito de Kiev, contudo ainda será discutido se o KPU tem ligações com as milícias separatistas que promovem o terrorismo no leste ucraniano.

A Esquerda tem articulado por diversos canais de comunicação que o governo de Poroshenko é fascista e perseguidor. A World Socialist Web Site – WSWS, uma organização pró trotskismo, tem se esforçado em publicar diversas notícias acusando o governo de Poroshenko de ser fascista, no dia 11 de Junho publicou uma nota de apoio ao KPU com novas acusações contra Poroshenko, confira aqui (em inglês), o Partido Comunista Brasileiro – PCB não deixou barato e também publicou sua nota oficial sobre o tema, pelo mundo diversos partidos pró comunistas tem demostrado apoio ao KPU e contra o governo de Poroshenko.

Só relembrando a Ucrânia foi palco do Holodomor durante os anos de 1932 – 1933, de 5 a 10 milhões de pessoas morreram e o maior desastre nuclear do mundo em Chernobyl, 1986.

Fonte:

Anúncios